27 de out de 2009

Hora de jogar a toalha


Jennifer e Brad formavam um casal incrível. Ela era aquele tipo de mulher linda, para casar. Ele, simplesmente uma coisa. Ricos, famosos, viviam numa mansão fantástica, tinham a vida que qualquer mortal pediu a deus.
Uma noite, Brad chega em casa animadaço. Vou fazer um filme de ação. Acabei de pegar o script. Serei um matador de aluguel.
Jennifer já imaginou aquelas cenas com muita adrenalina e sua única preocupação foi: vai ter dublê, né? Você não vai se estropiar naquelas cenas de explosões?
Claro que não, bobinha. Sabia que você fica linda quando se preocupa comigo? Se beijaram, brindaram, tiveram uma noite tórrida. Tórrida não é uma palavra que combina com uma boa moça como Jennifer. Ela diria que foi tudo lindo.
Na manhã seguinte ele estava no banho e ela, ainda na cama, decidiu passar os olhos pelo script e ler algumas falas de um filme de ação. Curiosidade pura. Afinal, ela dominava mesmo os diálogos de sitcoms e comédias românticas. As falas de Brad estavam destacadas em verde. As do seu par romântico, em laranja. Amor, a Angelina que vai fazer a sua esposa no filme é alguma atriz novata (diz que sim, diz que sim, diz que sim)? Ele respondeu, como se nada fosse: não, acho que você conhece. É a Angelina Jolie…
Jennifer sentiu um arrepio subindo pela espinha. O problema nem era a Angelina Jolie porque todo mundo estava careca de saber que ela gosta de mulheres. O problema foi aquele jeito displicente de falar. Ninguém na face da terra diria: “Acho que você conhece a Angelina Jolie". Como assim “acho”? Qualquer criança da África conhece a Angelina Jolie. Tem muita mulher confusa dizendo que não gosta de mulher mas pegaria a Angelina Jolie. Como é que Jennifer não saberia quem é Angellina Jolie? Mas calma. Se é para ser displicente, eu também sei ser, pensou Jennifer. E tascou, meio blasé: A da boca? Brad respondeu: Boca? Que boca? Vocês mulheres reparam em cada coisa.
Pronto. A partir deste momento Jennifer teve certeza: acabou para mim. As mulheres sempre sabem destas coisas. O final desta história, eu, você e qualquer bebê cambojano sabemos.
Jennifer simplesmente não podia fazer mais nada.

20 comentários:

Gi disse...

Maravilha.

FeToth disse...

Fantástico! hahahahahahah

Roberta disse...

Ai que dura verdade...

Gabriela Silva disse...

hahaha....adorei! bjs

Maíra disse...

sensacional!!! adorei...

maria rezende disse...

olha, flavia, poder ler teus textos de graca e sem sair de casa e um luxo! quando e que eles viram livro? ta na hora! beijo, maria

man in the box disse...

eu



ro

lan

do

Marco. disse...

Ótimo.

Anônimo disse...

Hahahah é foda. O sexto sentido feminino para relacionamento... funciona mesmo. Queria ter um tão apurado para escolher os números da mega sena.
bjos,
Marilu.

Renatinha disse...

Sabe o que é pior desta história? é jennifer não poder falar: "ele me trocou por aquela mulher gorda ou feia ou pobre ou sem coração ou frustada ou, ou, ou...." a angelina adota criancinhas, é cidadã da onu, unicef, etc e tal, linda, bem sucedida, magra, ganha mlhões... e jennifer pode namorar quem quiser pois jamais alguem será um brad, nem o john mayer chegou aos pés, brad, era brad... triste fim de jennifer, linda e sozinha com um ex que não dá para comparar com nenhum outro....
beijos Re

PS. Acho que a jennifer é chata pra dedeu...rs

Tereza, Virtual disse...

Quando nao ha o que fazer, nao ha o que fazer. Fato.

marcia disse...

Eu diria que a Angelina é creme brulee e a Jennifer a gelatina...vi essa comparação no filme CASAMENTO DO MEU MELHOR AMIGO.
obs: os homens e mulheres preferem o brulee vamos ser sinceros.
TEXTO BÁRBARO GATA!!!!

man in the box disse...

li essa no facebook: A angelina é mulher da boca pra fora hoho

Anônimo disse...

vai escrever bem assim lá em casa.

Ana disse...

adorei!!!! :)

Pior do que ser a irmã gemea da Gisele Bundchen é ser a Jennifer Aniston...tadinha!

juliana disse...

você escreve muuito bem e é criativa!
estou com inveja(brincadeira).
:D

itala disse...

Phodérrimo!

Karina Linhares disse...

Quem será a próxima?

dgdgd disse...

A star is born. And she is my friend.

Flavia Coradini disse...

Karina, parece que foi tudo por causa da próxima.
Diego, que fofooooo!
Beijos, queridos.