23 de jun de 2010

Carta aberta a Cid Moreira


Cid Moreira,
Não iniciei esta carta com a palavra prezado porque estaria forçando a barra. Mas decidi escrever porque não vejo nenhuma possibilidade de encontá-lo algum dia e dar pessoalmente o pescotapa que você anda merecendo.
Gostaria de falar sobre o significado da palavra dignidade porque, diante da sua idade avançada, acho que você nem lembra mais o que é isso.
Sim, você é livre para fazer o que bem entender com o seu corpo, sua voz e com o tempo livre que lhe resta. Quer gravar Salmos? Brilha. Quer ser desmancha-prazeres e contar o truque das mágicas? Tem chato para tudo nesse mundo. Se você faz mesmo questão de se referir a alguém como “Mestre de todos os sortilégios”, manda ver.
Faça o que bem entender desde que as pessoas tenham o direito de optar se querem ou não ver e ouvir o que você anda fazendo e dizendo por aí. Mas você não está nos dando escolha. Este é o problema.
Eu vi o silicone da sua testa desandar no ar, nos anos 90, em pleno Jornal Nacional. Veja bem, quer ter uma testa tipo pantufa fofinha? Tenha. Mas faça a manutenção necessária para que as pessoas não sejam obrigadas a ver aquele monte de pele acumulada em cima das suas sobrancelhas no meio do noticiário.
Toda vez que eu abro a revista Caras, sei que vou ver muita gente cafona e fútil. Mas daí a virar uma página e me deparar com você pelado, com as pernocas para cima, dentro de uma banheira de espuma, francamente. Isso ultrapassa o meu limite de tolerância.
E agora, em pleno jogo da Copa que, convenhamos, você sabe que todo mundo vai assistir, por que diabos eu tenho que ouvir você dizendo Jabulaaaaaaaaaaaaaaaaneeeeeee como se fosse o Barbosa do TV Pirata? Você só pode estar de brincadeira e se divertindo muito com isso, mas não é divertido para todo mundo. Se eu tivesse escolha, jamais ouviria. Mas não tenho bola de cristal para adivinhar quando a sua “vinheta” vai entrar para trocar de canal e assistir a um bom leilão de tapetes persas.
Se eu pudesse escolher, as últimas palavras vindas de você que eu gostaria de ter ouvido seriam "Boa Noite”. Assim seria digno. Enfim, fica o toque.

Atenciosamente,

Flavia

18 comentários:

Carla Vergara disse...

Flavia, vc acaba de ser responsável por um ataque incontrolável de risos no meu escritório... AMÉM!

Gi disse...

im-pa-gá-vel.
como sempre.
queremos livro.

bjbj

ester_c disse...

Hilário Flavia, muito bom, bjão

Do ládo de cá disse...

O boa noite definitivo deveria ter sido dado, álias, há muitos e muitos anos atrás. Amei!

Tio Randas disse...

Caí aqui no seu blog porque usei a palavra BACANÉRRIMO com a Bia do Eric e ela falou pra eu vir. E gostei, bacanérrimo o seu blog, acabei de adotar.

Uso bacanérrimo sem muita moderação desde que vi o Herbert Vianna, com uma afetação fora do normal, falando essa palavra, quase separando as sílabas "Ba --- ca---nérrimo". Acho que lhe faltava baianidade nagô pra falar igual ao Caetano nas entrevistas...

E assino embaixo desse sort of manifesto contra o Senild Moreira. O problema é que eu duvidava que as pessoas achariam isso engraçado, mas como um bordão do Zorra Total, já vejo pessoas repetindo essa merda por aí.

gera disse...

é, o sid tá foda

out of control total

Denise disse...

O Cid Moreira entornou o caldo desde a época do mágico.
Gostei daqui!

Flavia disse...

Fantástico como sempre.

Ninguém merece ver o Cid Moreira pelado na Caras. Corrijo: ninguém merece ver o Cid Moreira pelado e ponto final.

Ainda me lembro do TV Pirata explodindo a cabeca do Cid Moreira...

Alpha Centauri disse...

Excelente!

Ale disse...

Formidável!

danielle disse...

quando eu quero rir,
dou,inevitavelmente, uma passada por aki.
bjs querida,
dá um pulinho no meu blog tb

Anônimo disse...

Flavia,
encontrei seu blog por acaso quando procurava alguma coisa no google (que já não lembro mais).
Li todos os seus textos, seu blog ficou aberto no meu pc a semana toda, pra ir lendo sempre que desse.
Você escreve maravilhosamente bem!
Dei muitas gargalhadas. Adorei!
Parabéns!

Marilú

Luciana disse...

...e eu tivesse escolha, jamais veria essa foto do Cid Moreira peladão na banheira. Mas não tenho bola de cristal para adivinhar quando vai ter uma foto dessas no seu blog...

Flá, é de noite e eu vou demorar MUITO pra dormir agora. E a culpa é sua e desse joselito encharcado de espuma!

Felipe de Oliveira disse...

Flavinha, que flata de respeito com os muuuito mais velhos...hihihhi
felipe@propagandafutebolclube.com.br

Lu Arroyo disse...

Flávia, descobri seu blog, nem sei como, de tanto que eu gosto dessa brincadeira, mas acabo de ler absolutamente todos os posts e quero dizer que foram os textos mais bacanas, inteligentes e divertidos que passaram pelos meus olhos, nos últimos tempos. Parabéns pelo bom humor, pelas sacadas criativas, pelo texto leve, sagaz, delicioso! Virei fã! Um beijo!

lilian disse...

Flavinha

Guria é bom demais!
Amo você, seu texto, seu trabalho.
beijos
lili

Anônimo disse...

Você tem todo o direito de não gostar do Cid mas criticar as fotos da caras acho demais. Isso porque eu acho ele um tesão do caralho e adoraria trepar com ele. Amo aquelas fotos. Fofa, tem gosto para tudo. Agora ele está muito velhinho, mas na época da revista eu me masturbei muito olhando aquelas fotos. Então, vê se vai fazer algo interessante na sua vida e pare de atormentar o gostoso do Cid.

Anônimo disse...

Este anônimo tem que ser internado na psiquiatria urgente.