25 de fev de 2010

Hoje não estou boa


Não sei o nome do designer que inventou este porta-bananas. Sei menos ainda por que raios ele inventou este porta-bananas.
O Barba faz a gentileza de criar uma fruta que já vem em pack de quantas unidades você bem entender e a criatura decide inovar? Quer 2? Temos. Quer 19? Temos.
Cacho de bananas é cool, prático, funcional e genial do jeito que é. Carmen Miranda usava na cabeça. Imagine o que Mário Gomes já não teve de idéias mais simples do que esta para colocar bananas.
E o mais louco: o cara criou, alguém produziu, alguém colocou as bananas lá, fotografou, alguém publicou na internet.
Aí cheguei eu, vi e também perdi mais tempo escrevendo sobre o bendito porta-bananas. E você perdeu o seu, lendo.
Acho que esse porta-bananas já causou danos demais.

3 de fev de 2010

Comentários improváveis sobre gengivas


Não me pergunte o motivo. De repente e absolutamente do nada comecei a pensar em quantos comerciais de TV já vi com o pessoal da Família Gengiva aí da foto. E eles são muitos.
Colchões, Detergente, Sabão em pó, Farmácia, Café, Bazar Beneficente e por aí vai. Animação de festa de firma, entrega de prêmio, locuções emocionais. É com a Família Gengiva mesmo.
Será que nunca ocorreu para ninguém fazer uma campanha de Korega com eles? Parem de morder maçãs. Ora, isso é passado. Chama esse pessoal e o sucesso vai ser estrondoso. Está quicando.

Tenho uma teoria que precisa ser comprovada (aceito depoimentos): acredito que a gengiva de uma mulher tem exatamente a mesma cor da vagina. Porque as duas são mucosas (Palavra Wando). As duas palavras têm sonoridade parecida. E quase têm as mesmas letras. Faz sentido, vai. Mas será que procede? Pessoas que têm gengivas escuras, tipo o Zezé di Camargo, devem ter vaginas escuras. Não que Zezé tenha vagina. Ai, não gostei de imaginar isso.

Fico um pouco aflita pelas pessoas que sorriem com a gengiva. Sabe do que eu estou falando? Elas não precisam ser exatamente membros da Família ali de cima, têm os dentes ok. Cuidam do colar de pérolas que Deus lhes deu. Mas na hora da foto, algo acontece e o lábio inferior cobre os dentes, o superior sobe demais e pimba: vemos apenas um pedaço de carne no meio da boca. Como se elas estivessem comendo kibe cru e fazendo graça para a câmera. Deve ser bem ruim ter sorriso de gengiva. Fica aqui minha solidariedade.

Era isso.