28 de jan de 2008

Amor demais

O mínimo que eu espero de um amor é ele seja tanto e tão forte que enquanto eu não estiver por perto, ele se sinta vazio, como se o mais importante da vida estivesse suspenso. Eu quero um amor que não tenha a menor dúvida de que eu sou a pessoa mais importante do mundo. Que perceba uma diferença gritante entre estar comigo e estar só. Que goste de ficar perto de mim e que faça questão de me tocar sempre que possível. Que adormeça aconchegado no meu colo e, de vez em quando, acorde e olhe bem fixamente para mim, só para se certificar de que toda aquela felicidade de estar ali é mesmo real e possível. Quero alguém que, às vezes me acorde, às vezes fique simplesmente velando meu sono e esperando o momento mágico que vai ser aquele em que eu acordar. Eu quero um amor que fique impaciente, andando de um lado para o outro, enquanto eu tomo um banho demorado ou troco de roupa. Simplesmente porque não vê a hora de sentir meu cheiro e de ter minha companhia de volta. Eu quero um amor que, ao pressentir que eu vou embora, comece a me cercar e me implorar para ficar mais. Que fique feliz em aprender comigo coisas importantes e bobagens.
Que quando eu apareça, ele tenha uma descarga tão forte de alegria a ponto dela ser notada em todas as partes do corpo. Tipo aquela expressão: amor saindo pelas orelhas. Eu quero um amor que viva por mim, para mim, que dedique as 24 horas do dia para me fazer feliz.
Quem tem cachorro fica com o nível de exigência de amor muito alto.

PS: Gato, eu vou mas eu volto. Viu?

13 comentários:

marcia disse...

Ozzy eu te amo.

man in the box disse...

as x acho q nos temos este amor demais

so tamo procurando no lugar errado!!!

Re disse...

hahahahah por isso meu grau de exigências esta nas alturas tb.... tenho 2 cachorros.... rsrsrsr
amei o texto...
bjs
Re

Dedinhos Nervosos disse...

hahahah Ainda bem que eu tenho um gato. E um tipo o Garfield.

Lneue disse...

Depois de um relacionamentro que não acabou bem, também quero esse amor.

carol disse...

flavinha, amei teu blog. é mais do que bacanérrimo!!!!! beijocas e saudade de porto. carol d'avila.

3du Mesa disse...

Tava preparado para espinafrar, mas o final salvou...ótimo texto como sempre.

3du Mesa disse...

Tava preparado para espinafrar, mas o final salvou...ótimo texto como sempre.

Nana disse...

Oi, Gatinha dona do Gato mais que fofo!
Se vc que tem um só já está assim, imagina eu com 6 !!! Só rindo, mesmo...
A propósito...acho que a gente tem mesmo que querer um amor assim...chega de pegar porcaria...
besos...

Pequena Russa disse...

bonito demais!

Vânia disse...

Lindo!
Eu sou TRIamada! E é bom demaaais!!!

Anônimo disse...

Quase chorei. :-S
Lisi

Gabriela Silva disse...

Amei!
Durante a leitura pensei assim: Só pode estar falando de um cachorro...e não é que tava mesmo?!?!...sensacional!