23 de nov de 2009

Texto para combinar com a foto


Admiro gente que se apaixona e se joga lindamente, como se não houvesse amanhã. Para falar a verdade, eu também me jogo. Mas enquanto alguns sobem na plataforma de mergulho e dão um salto ornamental rebuscado e cheio de piruetas, caindo sem esguichar nenhuma gota em volta, eu costumo me jogar de barriga.
E se você já foi criança um dia e já tentou se jogar de barriga para fazer seus amigos rirem, sabe o quanto isso pode ser dolorido e o estrago que faz em quem estava sequinho, só assistindo.
Acho que o que mais me diferencia dos saltadores ornamentais é que eles treinam incansavelmente, calculam os movimentos, aprendem todas as técnicas, alongam, tomam uma ducha fria antes para evitar choques térmicos. Eu já me jogo da mesma maneira instintiva com que a paixão vem. Saio correndo, chuto os dois pés de Havaianas no caminho, um para cada lado, tomo impulso e pulo de braços abertos.
Não acho que tem a mesma graça quando tudo é pensado e feito para agradar meia dúzia de jurados. Prefiro sair da piscina contorcida de dor e ver todo mundo se matando de rir da palhaçada do que aturar os olhares blasés de jurados que, diante de um salto tecnicamente perfeito, têm a coragem de levantar uma plaquinha com a nota 4,75.

Fiquei horas pensando num texto que combinasse com esta foto. Simplesmente passei mal de rir quando vi (e ainda passo). Tinha que ser ela. Só me ocorreu isso. Espero que você também goste.

19 comentários:

Cristiane Parede disse...

Não dá para ensaiar um movimento desses, por isso a palavra é se jogar. Sou mais fã de quem se joga do que de quem calcula. Quem calcula deveria casar com um matemático ou engenheiro, sei lá.

Anônimo disse...

Sou ariana com ascendente em leão... não tenho a menor idéia do que é calcular...
Beijos,
Marilu.

gera disse...

rsrs realmente, as imgs do seu blog são hors-concours

confesso que me jogava assim... hj sou uó, penso em quem tá vendo e molho no máx os pés

Gi disse...

rsrsrsrsrs
A foto é ótima. Mas o texto combinou mesmo com a minha situação. Gostei de ler isso hoje.

bjbj

Gi

JAYME NETO disse...

eu passo horas ensaiando o salto mais bonito e mais calculado...eu sempre busco um 10...mas invariavelmente acabo me jogando de barriga...e perdendo a sunga n`agua...btw...aposto q os saltadores profissionais nao se divertem o tanto q eu me divirto

Dani disse...

Pior é treinar, alongar e ganhar nota 2,0. Comigo já aconteceu.
:-(

Luciana disse...

Eu desço de tobogã.

Flavia Coradini disse...

Esquibunda?

marcia disse...

Desde pequeninha eu sempre tive muito medo de me jogar de barriga então ficava olhando a piscina pensando 1000 vezes...pulo, não pulo, derrepente então tentava dar aquele "biquinho" fenomenal e acabava dando "barrigaço" e uma puta dor ardida do c. Isso acontece até hoje rsss
Alguém conhece ou lembra desses termos "biquinho & barrigaço" Não é dupla sertaneja não!Só sendo gaucho para saber.

"Daonde" essa foto Nega?

Anônimo disse...

"Bacanérrimo" mesmo o blog. Tava "passeando" por aqui e gostei muito. Livre, leve e solto:)

Wearin' them pants disse...

Bela metáfora.

juliana disse...

Nossa... não tenho nem palavras.
amei

itala disse...

Phodérrimo!

Anônimo disse...

Amo seu blog
leitura diária, mas vc é ocupadíssima né?!?!
gostaria de ler coisas novas.
parabéns pelo senso de humor apuradíssimo!
bj

Flavia Coradini disse...

Sim, sim. Fim de ano correriaaa.
Mas prometo que vou escrever.
Ainda nesta década.
:)

Bjs e obrigada.

Mariposa disse...

Da última caída de barriga, pedi que alguém batesse em mim acaso eu me apaixonasse novamente. Pois sim, cá estou eu no topo do trampolim. Cuidado ai embaixo, vou saltar!!!

Jaci Luz disse...

Minha amiga linda, querida que eu amo tanto, saudades de ti!!! Teu sobrinho está chegando e te esperamos o final de ano.
Fiquei horas lendo teus textos maravilhosos e saiba, são ótimos pra diminuir ansiedade pré-natal!! Risos, Beijos e Saudades

Douglas disse...

bacanérrimo!

lilian lovisi disse...

guria querida,
sou = zinha.
beijo
lili