15 de abr de 2011

Amor, o próprio.


Homens, mulheres, animais e Lady Gaga. Todo mundo quer encontrar um amor ou manter o que já encontrou. Mas por alguma razão este querer, esta busca não é das coisas mais fáceis de realizar na vida.
Muitas pessoas incríveis estão totalmente desiludidas. Outras já entraram num nível de desespero e andam apelando para os cartazes das cartomantes colados nos postes ou, mais absurdo ainda, passando por cima dos seus princípios, se anulando, fazendo merda em nome de outra pessoa. E se esquecendo que, antes de mais nada, quem a gente tem que amar e respeitar, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, é a gente mesmo.
Sem amor próprio a vida não anda, meu rei. E não tem nada de egoísmo nisso. Desde que você não ame só você mesmo e mais ninguém, se gostar é o que há. E digo mais: amor próprio é inspirador para mais amor.
Se alguém te ama é porque viu tuas qualidades, te admirou, te achou demais. Viu que você se ama. O contrário não é admirável, muito menos apaixonante para ninguém. Na minha opinião, gostar de alguém sem auto-estima é quase piedade. O limite é ali, ali.
Entender que eu sou o único responsável por todo o amor que tenho, terei e receberei na vida, que sou o principal agente da minha felicidade é quase como ter superpoderes. Ninguém no mundo pode fazer você esquecer disso. Não permita, em hipótese nenhuma.

É como diz o Mario Quintana, que eu nunca canso de citar por aqui: “Se eu amo meu semelhante? Sim. Mas onde encontrar o meu semelhante?”

10 comentários:

gera disse...

ah o amor, uma vez a gte se encontrou e achei ele super legal. diz q hj tá curtindo o verão da croácia, q é o último grito

Gi disse...

E por falar em amor, amei.
rsrsrsrs

bjbj
Gi

LILIAN disse...

êta bom demais! Te amo guria! lili

Andreia disse...

Guria...to achando que esse é o assunto da semana no mundo!! recebi um email SOLIDÃO CONTENTE e me vi ali... Viver com alguem tem que ser melhor que viver comigo somente. Por que eu sou ÓTIMA pra mim!! Me entendo, faço minhas vontades, não me chateio, leio pra mim, me dou banho... E não estou levantando a bandeira da SOLTEIRISSE... Não mesmo...Mas descobri que namorar é tudo de bom e como sempre gostei de matematica tive um "clic" cerebral com a seguinte equação:
1 CASAL = 2 PESSOAS
2 PESSOAS = 2 CASAS
2 PESSOAS + 2 CASAS (SOMA)
2 PESSOAS: 1 CASA = (DIVIDE)
SOMAR É SEMPRE MELHOR QUE DIVIDIR...
E isso não é egoismo... è amor proprio...

Anônimo disse...

Gosto muito daqui.
parabéns.

Barbara disse...

Falou e disse!

Flavia Coradini disse...

Mas Andreia, se amor fosse matemática sua teoria seria boa. Mas é química.
E agora?
rararara

Adriana disse...

Sempre digo para pessoas que não gostam de almoçar sozinhas, passear sozinhas, ficar sozinhas, assistir um filme sozinhas, passar um final de semana inteira sozinhas, etc: se você não gosta da sua companhia, como fazer alguém gostar??

maria rezende disse...

total. tenho um poema que fala disso, e virou vídeo esses dias:
http://www.youtube.com/mariadapoesia#p/u/14/Oh2ly3znonk
sempre bom te ler!
beijo, maria

Balzaca Lunática disse...

Ai ai... temos que aprender isso dia após dia...