6 de set de 2014

Imbecil

No dia 28 de agosto uma imbecil saiu de casa e foi ver o jogo Grêmio X Santos. Ninguém mandou a imbecil fazer isso. A imbecil foi porque quis. Durante o jogo, na comoção da partida e repetindo o que gritavam outros imbecis exatamente iguais a ela, a imbecil abriu a boca muito bem aberta, arregalou os olhos muito bem arregalados, fez uma expressão bizarra de ódio muito bem odiado e berrou muito bem berrada a palavra macaco, se dirigindo ao goleiro do Santos. Não contente com isso, a imbecil repetiu: MA-CA-CO. Foi então que a imbecil percebeu que estava no telão do estádio e mudou rapidamente de expressão. Fez cara de menininha.
Eu não estava vendo o jogo. Vi depois. E vi dezenas de vezes.
A cada play, mais eu lamentava a aparência de menor de idade da imbecil. Porque a imbecil tinha que ir para a cadeia pelo que fez. Isso por lei. Que eu não sou imbecil de achar que, SÓ PORQUE EU ACHO, a guria deveria ser punida.
Como a imbecil é ela, na cabeça dela esse raciocínio é perfeitamente válido. Só porque Aranha é negro, ELA ACHA QUE PODE ir ao estádio, abrir a boca, arregalar os olhos, fazer cara de ódio e gritar MACACO para ele.
A imbecil apareceu no telão, o Brasil inteiro viu e muita gente quer que a lei seja cumprida. E que a imbecil aprenda numa aula bem prática que não pode fazer o que acha que pode, se isso for contra a lei. Mas só uma aula prática não costuma ensinar gente imbecil. Então o time da imbecil também foi punido e ela começou a entender um pouco melhor o tamanho da imbecilidade que fez.
Eis que, junto com a punição do time, surge um coro de pessoas dizendo que já estão pegando pesado demais com a imbecil. Que apedrejaram a casa dela (coisa que os vizinhos desmentiram), que ela tem amigos negros (???), que estão exagerando nos xingamentos contra a coitada. Vocês estão reclamando porque a imbecil está sofrendo discriminação? É isso mesmo? Ela está passando por isso há uns 10 dias e vocês acham que já foi longe demais? Mas isso é meio imbecil, não?
Já vi gente justificando que Macaco é o apelido dos torcedores do Inter. Será que a imbecil é tão imbecil que não percebeu que o jogo era contra o Santos? Santos é Peixe, imbecil.
A imbecil pediu desculpas publicamente. Não fez mais do que a obrigação. Está respondendo por crime e tem que ir à delegacia depor. Não faz mais do que cumprir o seu dever. Sai com escolta porque está sendo hostilizada pelas pessoas na rua. Não é nada diferente do que ela fez no estádio. Abre parênteses: os policiais falaram que ela só começou a chorar quando as câmeras dos jornalistas foram ligadas e apontadas para ela. Antes estava tranquila e muito bem instruída pelo advogado. Porque gente imbecil precisa mesmo ser muito bem instruída ou dá merda. Fecha parênteses.
Eu não sou imbecil de achar que ela foi a única, que o racismo no Brasil vai acabar com este episódio, mas este fato isolado precisa servir de exemplo. Precisa. Espero que o caso seja encerrado logo, que a imbecil vá para a cadeia, que a experiência lá dentro seja linda para as detentas que vão recebê-la e que tudo isso junto seja suficiente para explicar para pelo menos uma dezena de imbecis que racismo é inadimissível. Ponto.

PS: Este texto utilizou 29 vezes a palavra imbecil para se referir a uma pessoa. Imbecil pode. Macaco, não. (Agora são 31).

3 comentários:

Anônimo disse...

Seu texto é à prova de imbecis. Gostei. Mas ainda assim acho que estão generalizando em achar que osgremistas são todos racistas. Situação delicada.

Flavia Coradini disse...

Obrigada pelo comentário. Ele é uma deixa maravilhosa para que eu explique muito claramente que não acho que a torcida gremista é racista por causa dessas pessoas. Muita gente acha mas não tenho informação sobre os motivos. Nem entrei nesse mérito porque não sei se o time deveria ter sido punido. Não entendo nada disso. A situação é muito delicada, sim. E por isso mesmo, tão importante e tão comentada por tantas pessoas. O que eu quero que fique muito claro é a diferença entre uma opinião (chamo de imbecil a atitude da pessoa, o ato que ela cometeu) e preconceito (chamar alguém de qualquer coisa por causa da cor). Isso tem uma diferença brutal. Preconceito é brutal. Acho interessante ver quem comete sentindo o gosto do próprio veneno. Incomoda, não é? Lamento muito que isso não dê em nada, como tudo no Brasil. Quase nunca escrevo aqui. Mas, nesse caso, parece que sempre há mais o que dizer. Obrigada mais uma vez.

Gi disse...

Adorei. Não vou mais pedir para você voltar a escrever. Mas fico feliz quando vc escreve.

bjbj

Gi